FATOS MARCANTES

No desbravamento, e posteriormente, várias pessoas  se destacaram em suas atividades: O Sr. Manoel de Almeida e seu irmão, em 1947, aqui montaram uma serraria, e graças a ela a cidade tomou impulso, não apenas com a oferta de empregos, impulsionando crescimento populacional da cidade e ensejando uma visão voltada para a urbanização, embora desordenada, mas principalmente porque veio facilitar o beneficiamento da madeira bruta, facilitando a construção de casas.
  Há que se destacar que nesta indústria trabalharam como motoristas os Srs. Eros Boscardim Torres e Honório Arcanjo da Fonseca mais tarde proeminentes figuras na política e na segurança pública, além do destacado papel desempenhado pelas filhas do Sr. Manoel de Almeida na área educacional do Município.
  Naqueles ásperos anos da colonização, as crianças vinham ao mundo pelas mãos da Srª. Izabel Moya Calimam, de tradicional família cambirense, e no Bairro Sete de Maio pelas mãos da Dona Nina.Ambas foram homenageadas com seus nomes dados às creches de Cambira e Sete de Maio, respectivamente. Posteriormente, com a construção de novo prédio para a creche de Cambira, Izabel deixou de ser uma denominação para constituir-se apenas em uma inscrição de
homenagem a ela, como consta da placa de inauguração do prédio.(Iniciativa do funcionário Paulo).
  Há divergências informativas em relação ao primeiro médico, uns apontando o Dr. Mauro Garcia, outros o Dr. Jerson Luva. De concreto e provado temos o Dr. José Wilson de Freitas como primeiro Médico do posto de Saúde de Cambira, substituído pelo Dr. Manoel Ribeiro Ferraz, que ocupou o cargo de 10/11/1969 até 31/12/1977, tendo sempre como atendente a Srª. Selena Lapietra de Mello.
  Além dos já citados, tivemos ainda como pioneiros nas mais diversas áreas de atividades:
   1º Dentista - Sr. Acácio Barbosa;
   1º Juíz de Paz - Antonio Abílio Sabag;
   1º Delegado de Polícia - Aristóclides Ferreira do Prado;
   1º Farmacêutico - Lázaro de Paula Rodrigues;
   1º Coletor de Rendas Estaduais - Pedro Jasinski;
1º Agente de Rendas: João Isaque;
   1º Tabelião de Cambira - Lázaro de Paula Rodrigues         (11/05/1954);
   1ª Escrivã Interina - Maria de Castro Rodrigues;
   1º Tabelião Vitalício - Eros Boscardim Torres.
  Uma das atividades importantes da época era a de Juíz de Paz. Eram homens de índole propensa ao diálogo, e que prestavam relevantes serviços na solução de pequenos atritos pendentes entre a população, bem como representavam o Juíz da Comarca nos casamentos. Na galeria destes homens notáveis, tivemos: Antonio Abílio Sabbag, Anilele Marezi, Jordão Beleze, Sebastião Gonçalves, Osvaldo Anelli, Guerino Debiase, José Belini, Maurilio Tamborelli, José Delvaz Guillen, José Decíneo Catâneo, Luiz Assolari, João Altair Croti, Antonio Passarin Filho (autor da Bandeira Nacional confeccionada com grãos de café), Iloido Carloto e muitos outros.
Comments