JOSÉ ALVES PEREIRA

Com dificuldades para encontrar um candidato capaz de desafiar o prestígio político do candidato Jordão Beleze, o Prefeito Florindo Picoli buscou o vereador José Alves Pereira, com um bom trânsito em todas as esferas do Município. Tendo na vice o Sr José Decineo Cataneo, obtiveram vitória, contrariando todos os prognósticos. Nascido em 02/03/1935 em Paramirim - BA.,filho de Joaquim Alves da Silva e Adalzira Matilda da Silva, casado com Aparecida Silva Pereira, o Sr José Alves era de temperamento sociável, embora sem vivência urbana, na época; amável com todos, tinha um tratamento cordial com os funcionários, a quem respeitava, fazendo-se assim respeitado. Seu mandato foi de 01/02/1977 a 31/01/1983, e a Câmara Municipal era composta dos vereadores Wanderlei Ricci, Antônio de Souza Garcia, Erich Walter Germano, Efigênio de Almeida Lima, Aparecido Romeu Gasparelo, Jamil Nakad, João Zulmiro de Lima, José Antonio Pichelli, Luiz Rielo, E como suplentes João José Pereira e Atidor da Silva. Faleceu em 08/09/2011.
Administrou o Município numa das fases mais críticas da história econômica do Paraná, pois estávamos com os cafezais dizimados pela geada de 1975, que mudou totalmente os rumos da economia paranaense, ocasionando brusca queda em sua arrecadação, com reflexos negativos na arrecadação municipal. Foi um grande incentivador do esporte local, tendo construído o alambrado e vestiário no Estádio Municipal “Luiz Mareze”, em Cambira, e em sua gestão o Cambira Esporte Clube viveu uma de suas fases mais áureas, sagrando-se bi-campeão em 1980/81 e vice-campeão amador em 1982, pela Liga Amadora de Apucarana. A Prefeitura fazia-se representar, a nível Municipal, com uma excelente equipe. Dentre suas obras, destacamos:

# Construção da Delegacia de Polícia de Cambira, em terreno doado pelo Sr Marcos José Calsavara.
# Construção da Agência de Rendas Estaduais de Cambira, hoje Biblioteca Pública Municipal.
# Construção da 1ª Quadra de Esportes de Cambira, com área de 1.000,00 m2, inaugurada pelo então Governador Jayme Canet Jr..
# Pavimentação asfáltica da Av. Brasil, no trecho entre a Rua Guanabara e Rio Grande do Sul.
# Construção de 20 unidades habitacionais pelo BNH.
# Construção de uma ponte ligando Cambira a Rio Bom.
# Construção de 4 salas de aula e parte administrativa do Colégio Rosa Delúcia Calsavara.
# Construção das escolas do bairro Carvalho e Estrada 304.
# Instalação de Telefone monocanal em Itacolomi.
# Instalação de água potável em Sete de Maio.
# Criação do Curso Básico de Comércio, a nível de 2º Grau, em Cambira.
# Aquisição de Uma motoniveladora nova 1997, Um trator de esteiras Fiat novo, Duas camionetas Toyota novos, Dois Caminhões Dodge Dart novos, Dois ônibus escolares usados, Um veículo Brasília novo, Um automóvel Gol novo, Uma Kombi Volkswagen nova.
# Conclusão da Praça dos Pioneiros, com ajardinamento e instalação de energia elétrica.
José Decínio Cataneo
José Decínio Cataneo, o popular Binha, veio para Cambira como funcionário do Mercado Picoli em função de suas qualidades futebolísticas. Aqui se radicou, constituiu família e se fez comerciante. Graças ao seu prestígio junto à comunidade, em especial jovens, foi o escolhido para compor como candidato a vice-prefeito na chapa encabeçada pelo sr. José Alves Pereira. Na administração atuou em vários setores, sempre mantendo cordial relacionamento com o titular, sendo por este encarregado de implantar os festejos de aniversário do município. No final do mandato, com a criação de novos partidos, permaneceu no PMDB, partido pelo qual foram eleitos, enquanto que o titular, a exemplo da maioria dos prefeitos, fundou o PFL, partido pelo qual a coligação lançou três candidatos não sendo acompanhado pelo vice, que preferiu apoiar a candidatura de Florindo Picoli, desta forma consolidando sua liderança para voos futuros na política.
 
Momento em que José Alves Pereira recebe o Título de Cidadão Honorário de Cambira.
Comments